Fatores que influenciam a decisão de oferta do serviço m-commerce

Apesar de haver poucas discussões acerca de fatores que podem impactar na intenção das empresas/organizações de oferecerem o serviço de m-commerce, segue abaixo alguns desses fatores.

  1. Busca por melhorar o relacionamento com os consumidores e aumentar as receitas.
  2. Busca por manter a vantagem competitiva;
  3. Utilizar o m-commerce como forma de integrar os processos empresariais para melhorar o desempenho;
  4. Proporcionar informação aos clientes.

Ao verificar os pontos acima já é possível inferir que que os principais motivos que levam à oferta do serviço de m-commerce são relacionados à elevação das receitas da organização, melhoria do relacionamento com seus clientes, manutenção da vantagem competitiva e, com foco apenas interno, um meio de integração dos processos empresariais. De forma geral, pode-se dizer que a principal influência à intenção de oferecer o serviço de m-commerce é o interesse de melhorar a situação financeira da organização.

Benefícios e seus efeitos obtidos na oferta do serviço de m-commerce

Assim como é importante conhecer alguns dos fatores que influenciam a oferta do serviço de m-commerce, da mesma forma, também é importante conhecer alguns dos benefícios e seus efeitos com essa oferta conforme estudo realizado por: Schneider e Tezza.

Benefícios Efeitos
Utilizar da localização do usuário para comunicar-lhe um preço específico (oferta exclusiva a um usuário em particular comunicando-lhe o preço por meio do dispositivo móvel); pode-se considerar o local e o tempo em que os consumidores se encontram.  Precificação dos produtos no varejo e competição tendem a ser mais complexos; numa perspectiva de marketing, o m-commerce promete maior liberdade de precificação quando se formula uma estratégia de preço no varejo.  
Criação de uma zona de comércio sem fio (shopping virtual); “deslocamento” da loja para onde seu contato com os clientes for maior; personalização – baseada na localização do usuário e no nível psicológico do indivíduo (monitoramento das atividades do usuário gera dados que aprimoram os filtros, permitindo oferecer-lhe produtos e serviços nos quais ele realmente possa estar interessado); utilidade promocional – divulgar promoções com base nas zonas criadas e na personalização; nível de interação entre vendedores e compradores – o m-commerce pode agilizar a interação entre vendedores e compradores, preencher as lacunas deixadas pelo e-commerce, além de diminuir o tempo entre a propaganda e a operação de venda.  Fornecedores podem ser forçados a estenderem suas operações para regiões maiores para aumentar a interação com os clientes – essa expansão deve ser direcionada no sentido de estar presente em mais de uma zona, não no sentido de ter uma forte presença em apenas uma zona em particular.  
Usuário sempre conectado; possibilidade de reconhecimento da localização do usuário; serviços personalizados (baseados na localização e no comportamento do usuário); geração de valor para a empresa; e serviços com valor adicionado (por meio da criação de novos modelos de negócio ou modificação dos modelos existentes).    
Demonstrar a capacidade de inovação.  
Localização; personalização; omnipresença; e pontualidade.  
Marketing direcionado com base na localização e características do usuário.    
Personalização de serviços baseada na localização do usuário (location-based) e no contexto (context-awareness).    
Envio de mensagens personalizadas (marketing) aos usuários com base nos hábitos de navegação e nos padrões de compra.    
Marketing baseado na localização (location-based marketing) está exercendo grande papel no m-commerce relacionado às táticas de marketing dos principais varejistas; Inovação em marketing; redução de custos; e oportunidade de atingir melhores consumidores.    
Geração de dados em massa (pelo m-commerce) combinado com Business Intelligence (BI) gera: informação confiável; operação personalizada; informação instantânea sobre o desempenho; descrição e classificação do comportamento dos consumidores; geração de marketing personalizado (a partir do BI); e oferta de informação e serviços customizados para melhorar a experiência do usuário.    

Importante salientar que os benefícios acima baseiam-se em: estudo de caso, teorias, e revisão teórica da literatura.

No próximo artigo iremos tratar das barreiras para a oferta do serviço de m-commerce.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat